Casos de infarto e AVC aumentam durante o inverno

21 de junho de 2018

Você sabia que o frio aumenta em 30% os casos de infarto e em 20% os de AVC isquêmico, especialmente quando a temperatura está abaixo dos 14 graus?

De acordo com o Dr. Carlos Camargo, cardiologista e CEO da Brasil Telemedicina, este aumento de casos ocorre devido a hipotermia, uma reação do organismo às baixas temperaturas, que sobrecarrega o sistema cardiovascular, já que ele precisa trabalhar com mais vigor em busca do equilíbrio térmico do corpo. “Hipertensos, diabéticos, ou quem convive com outros fatores de risco como colesterol elevado, tabagismo e obesidade devem estar atentos à variação súbita de temperatura, já que o choque térmico é um aliado do infarto, arritmia e acidente vascular cerebral (AVC)”, confirma o especialista.

Em busca da prevenção durante o frio, veja algumas dicas da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC):

  • Ao sair de casa, é importante se agasalhar;
  • Os mais velhos devem evitar sair de casa quando a temperatura estiver muito baixa.
  • Tenha hábitos saudáveis, evite comer alimentos gordurosos e pesados;
  • Durante o inverno, prefira esportes em lugares fechados e nem pense em correr no parque ao vento frio. Se sentir calor pela intensidade da atividade, evite tirar o casaco!
  • O período de maior risco de infarto é de manhã. No fim do sono, o corpo manda mais hormônios para o coração, para preparar você para o dia que está por vir.
  • Isso aumenta a pressão arterial, e quem tem tendência ao infarto pode não aguentar. Mas é claro que hipertensão, diabetes e tabagismo facilitam muito mais do que o nascer do sol.

No frio, esteja alerta: cuide de você e de sua família. Passe essa informação adiante!

Fonte: https://brasiltelemedicina.com.br

Postado em Notícias